Ajuda:Moodle/FAQ

De Stoa
Edição feita às 18h27min de 8 de março de 2013 por Ewout (disc | contribs)

Ir para: navegação, pesquisa
1leftarrow.pngVoltar a Central de Ajuda
Início   Cadastro e Senhas   Docentes e Monitores   Dicas   Perguntas Frequentes  



 

Conteúdo

Perguntas Frequentes

(Respostas atualizadas início de 2012)

É preciso ter uma conta no Stoa para usar o Moodle do Stoa?

Sim.

Por outro lado, incentivamos os docentes disponibilizar o seu material didático para livre acesso ao público em geral.

Note que, se assim quiser, pode "esconder", o seu perfil no Stoa (a rede social) do resto do mundo: logado no http://social.stoa.usp.br, entre no seu "Painel de Controle" / Editar Perfil e escolhe "Privado" na seção "Opções de privacidade"

Trocar a senha

A senha do Moodle é igual a sua senha no Stoa. A senha do Stoa deve ser trocado nas configurações do Stoa:

  1. Vá a http://stoa.usp.br e se loga
  2. Clique em "Configurações" na barra de ferramentas no topo da tela. Ou, logado no Stoa, clique aqui: http://stoa.usp.br/_userdetails/
  3. Na aba "Básicos", preenche duas vezes a sua nova senha

Lembre que se já acessou o Moodle do Stoa uma vez (o seu usuário já foi criado), pode também usar a sua senha do Júpiter.

Está logado no Moodle do Stoa?

Olhe no canto superior direito da tela. Se estiver logado, o seu nome deveria aparecer.

Lembre que é preciso se logar no disciplinas.stoa.usp.br independentemente de estar ou não logado no stoa.usp.br. No Moodle do Stoa pode usar a sua senha do Stoa ou, se acessou pelo menos uma vez, a sua senha do Júpiter.

Não quero que visitantes ou não-logados possam acessar o conteúdo da minha disciplina

Por padrão, os cursos deste moodle estão "abertos": visitantes (qualquer usuário da Internet, incluindo máquinas de busca) podem acessar o material disponibilizado. [Esclarecendo, mesmo abrindo o curso para visitantes, os fóruns e tarefas continuam sendo acessível somente para alunos inscritos no curso]

Se quiser que ninguém (além dos matriculados da sua disciplina) veja os recursos, conteúdos e materiais didáticos disponibilizados, é possível fechar o seu curso. Acesse seu curso e mude a sua configuração: no Bloco Configurações / Administração do ambiente / Configurações / Disponibilidade / Acesso para visitantes

Migrar / Importar / Restaurar conteúdo de outros sistemas

Uma vez criado o curso, é possível "restaurar" um curso inteiro a partir do backup de um outro Moodle. Porém, somente contéudo pode ser importado (não é permitido transferir usuários de outros Moodles para o Moodle do Stoa).

Para mais informações, veja Ajuda:Moodle/Docentes#Restaurar_de_um_backup

Os alunos não estão aparecendo como Participantes na disciplina

Antes de mais nada: o sistema não "puxa" todos os estudantes matriculados do Júpiter todos de uma vez. Mesmo se tudo estiver configurado corretamente, os seus estudantes aparecerão no seu ambiente somente aos poucos, na medida que acessam o Moodle do Stoa (e o estudante deve se logar: não é suficiente somente acessar a página como visitante).

As inscrições dos alunos matriculados no ambiente no Moodle do Stoa) do Stoa pode não funcionar corretamente por alguns motivos:

  1. O campo "Turmas da USP" (nas configurações do ambiente) não está configurado com o código correto. Este campo deve conter um código do tipo codigo-jupiter.versão.turma.
  2. A sincronização das turmas e matriculados é feito somente uma vez por dia, de madrugada.
  3. Talvez um determinado aluno simplesmente não estão inscritos na disciplina no Júpiter / Janus. Neste caso, faça a inscrição manual.

Para ajuda, entre em contato com o nosso Helpdesk que poderá ajudar com as configurações.

Tenho duas turmas no Júpiter mas quero ter somente um curso no Moodle

É possível juntar alunos de duas turmas (do diurno de noturno por exemplo) num único ambiente no Moodle do Stoa. A maneira mais fácil de resolver isto é entrar em contato com o nosso Helpdesk, mencionando o código da disciplina (do tipo NNN01234) e os números das turmas (do tipo 2009101 e 2009102). Nós juntaremos as turmas.

Também é fácil para o próprio docente fazer: nas "configurações" do ambiente em questão tem um campo chamado de "Turmas da USP". Este campo deve estar preenchido com um código do tipo (por exemplo) LAN0500.3.2009101. Se quiser juntar aqui uma outra turma, acrescente (por exemplo) uma vírgula e o código da outra turma. O campo ficaria LAN0500.3.2009101,LAN0500.3.2009102

Se você já criou os dois ambientes no Moodle, agora deve pedir que os administradores apaguem o outro que não usará mais. [Docentes não podem remover cursos totalmente, mas podem remover todo conteúdo e avisar os administradores (moodle@stoa.usp.br), que removerão o curso.]

Alunos estranhos aparecem na minha disciplina!

Verifique nas configurações da disciplina se as inscrições estão abertas (Administração do ambiente / Usuários / Métodos de inscrição: se "Autoinscrição não estiver oculto, qualquer usuário do Moodle do Stoa poderá se inscrever). Se está usando as inscrições automáticas via Júpiter / Janus (ou seja, existe o código da disciplina - turma no campo "Turmas da USP" nas configurações do ambiente), não é necessário abrir inscrições, os seus alunos matriculados serão inscritos automaticamente.

Caso a sua disciplina não usa as inscrições automáticas ainda pode abrir inscrições mas sem abrir para todos por meio de um código. Veja o ítem a seguir.

Permitir auto-inscrição com código de inscrição

Tem situações em que gostaria abrir as inscrições, mas não para qualquer usuário do Moodle possa se inscrever no seu ambiente (lembre que todos os membros da comunidade USP podem se cadastrar neste Moodle). Este caso pode ser resolvido com um código de inscrição. Em Administração do ambiente / Usuários, habilite o Métodos de inscrição "Autoinscrição". Configure o método e coloque um código. Somente quem conhece o código pode se inscrever no curso.

Inscrever alunos ou monitores manualmente

Qualquer um dos docentes ou monitores responsáveis pelo ambiente no Moodle podem acrescentar qualquer outro usuário do Moodle como aluno, monitor ou docente no seu ambiente (em Administração do ambiente / Usuários / Usuários inscritos. Veja Ajuda:Moodle/Dicas#Inscrever_Monitores_e_Alunos para mais informaçõs.

Como colocar dois docentes num único curso?

O próprio responsável (docente) pelo curso pode acrescentar qualquer outro usuário do Moodle com o papel de "Docente". Veja o item acima

É claro que o co-responsável precisa estar cadastrado no Moodle do Stoa

Alunos não podem usar o Fórum

Ao ser criado, em cada curso é colocado um "Fórum de notícias". Mas neste fórum não permite interação por parte dos estudantes. Para criar um fórum de verdade dentro do seu curso, ative a edição e acrescente uma atividade do tipo fórum. Tem 4 tipos de fórum, veja http://docs.moodle.org/en/Forum_module

Quero remover o meu ambiente do sistema

Docentes podem "esconder" e deixar inacessível cursos já criados no sistema (veja o item "Disponibilidade" nas configurações do ambiente e escolhe "Este curso não pode ser acessado pelos participantes"). O curso será completamente invisível e inacessível no sistema.

Docentes não podem remover ambientes totalmente, mas podem remover todo conteúdo e avisar os administradores (moodle@stoa.usp.br), que removerão o curso.

Criar cursos de outros semestres ("o meu curso não aparece")

O nosso sistema de criação de ambientes automáticos somente oferece essa possibilidade para disciplinas com turmas no semestre atual (ou seja, se houver um "oferecimento" segundo Júpiter). Assim, se um professor não é responsável por pelo menos uma turma no semestre atual, não poderá criar o curso sem intervenção manual dos administradores do Moodle.

Mas podemos criar qualquer ambiente manualmente: entre em contato (moodle@stoa.usp.br) e mande o código da disciplina e o seu nome. Por um lado, não queremos criar "cascas" de cursos vazios que nunca serão usados. Mas por outro lado, seria perfeitamente adequada ter um curso no Moodle que não é oferecido neste semestre, desde que haja conteúdo dentro e que seja útil para a comunidade.

Assim, se um dos docentes destas disciplinas quer migrar conteúdo de um outro Moodle, ou quer se preparar já para o semestre que vem, a gente criaremos o curso com o maior prazer manualmente, sempre na expectativa que os cursos serão de fato usado para colocar conteúdo lá dentro.

Professores não podem criar outros cursos

Sim, por enquanto a criação de cursos deve ser feito pelo sistema automatizado (somente disponível para os responsáveis por turmas no semestre atual, segundo consta no Júpiter ou Janus) ou via um pedido aos administradores do Moodle: moodle@stoa.usp.br

O link "Criar Curso" não aparece

A Criação de um curso novo normalmente é oferecido por meio de um link na página principal, aos docentes responsáveis segundo consta nos sistemas Júpiter e Janus. Talvez a seção de alunos ou responsável na sua Unidade não atualizou as informações para este semestre ainda? Verifique no próprio Júpiter e Janus quem é o responsável pela sua turma. Se estiver tudo certo lá e ainda não aparece o link no moodle.stoa.usp.br, entre em contato (moodle@stoa.usp.br)

Criar ambientes que não correspondem a uma disciplina da USP

O Moodle pode ser uma plataforma interessante para cursos para funcionários, treinamentos ou outros projetos educativos desenvolvidos pela comunidade USP. Tecnicamente é perfeitamente possível hospedar este tipo de ambiente na plataforma moodle.stoa.usp.br. O ambiente terá que ser criado manualmente pelos administradores deste Moodle. Mande um email para a gente (moodle@stoa.usp.br) com a sua proposta, nome do ambiente e categoria onde caberia etc.

Por agora somente membros e ex-membros da comunidade USP (ou seja, qualquer um que tem ou já teve um número USP) podem se cadastrar no Stoa (e portanto, no Moodle do Stoa) de forma automática (sem intervenção dos administradores do Stoa). Veja no item seguinte considerações sobre as inscrições de pessoas sem número USP no ambiente.

Cursos de Extensão

Em princípio é possível cadastrar um curso de extensão (veja questão anterior). Um problema técnico por enquanto é o cadastramento dos usuários: se não tiveram número USP (ter tido uma ligação com a USP pelo menos uma vez na vida), estes usuários teriam que ser cadastrados manualmente, e não temos ainda mecanismos para isto (não vamos liberar a criação de contas via email, precisamos achar uma outra solução (técnica) para o cadastro de usuário "de fora" da USP).

Dito isto, o objetivo do nosso serviço é deixar disponível na Web o maior quantidade possível de recursos educacionais acessível por qualquer um. Se o curso de extensão permite o acesso por visitantes (qualquer internauta) ao material didático a Equipe do Stoa fará de tudo para acolher o curso e os seus alunos, incluindo o cadastro manual de alunos sem número USP. [Esclarecendo, mesmo abrindo o curso para visitantes, os fóruns e tarefas continuam sendo acessível somente para alunos inscritos no curso]


Os blocos do meu ambiente sumiram!

Em alguns temas (ambientes podem escolher seu próprio visual) é possível "guardar" os blocos das barras lateral. Se guardar blocos no "Dock" , ficam em forma de ícones no lado esquerdo da tela. Cada participante pode escolher individualmente "guardar" ou "esconder" um bloco no "Dock"

Veja esta documentação para mais informações.

Um espaço para fazer testes

Ao editar o seu curso é às vezes é conveniente fazer testes sem mexer no seu curso titular. Provemos agora um site de testes, (que pode ficar fora do ar, não tem backup etc.) cuja finalidade é servir de espaço de testes para os administradores, docentes e outros participantes do Moodle do Stoa.

Não posso "abrir" o meu curso para visitantes por causa de "direito autoral"

"Direito Autoral" não é motivo de deixar material atrás de um muro fechado.

É perfeitamente possível (e, do nosso ponto de vista, recomendável) compartilhar o seu material didático sem abdicar dos seus direitos autorais. O Professor pode indicar no próprio texto / recurso que ela/ele é o detentor dos direitos autorais. Existem maneiras legais bem estabelecidas de dar um pouco mais liberdade ao seu público (de re-distribuir, re-usar), indicando explicitamente o que pode e não pode fazer com esta material, mas *sem abrir mão dos seus direitos*: veja http://www.creativecommons.org.br/

O segundo motivo que poderia levar alguém não compartilhar o seu trabalho é porque usou material de terceiros, este material sendo protegido por direitos autorais. Porém, em muitos casos é perfeitamente legal usar trechos de obras para fins didáticos. E na grande maioria dos casos simplesmente seguir as normas de discurso acadêmico por meio de atribuição correta à fonte original afasta qualquer mal-estar por parte de todos os envolvidos. Em casos extremos, é simples achar material de repositórios livres para substituir material que realmente não pode ser reproduzido.

Acredito que devemos tentar convencer os nossos colegas que compartilhar o seu trabalho é 1. natural, 2. perfeitamente possível, 3. apropriado para uma instituição financiado com dinheiro público.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas